GLEE 4X15 – GIRLS (AND BOYS) ON FILM [REVIEW]

Depois de algumas semanas de hiatus, Glee voltou com um episódio especial, só com músicas de filmes. Algo que sempre quis na série, mas não sei se me agradou. Na verdade, esse episódio foi importante (até certo ponto), porque deu início à várias tramas, as quais espero que sejam bem desenvolvidas e não esquecidas, como a série já fez muitas vezes.

Vamos aos comentários…

– Depois de ser abandonado no altar e chifrado, Mr. Sebo Schue entra em uma quase depressão e começa a assistir filmes antigos e delirar, mal sabe ele que o protagonista de um dos seus filmes favoritos, Orca – A baleia assassina, é um dos culpados pela sua tristeza.

– Como não consegue parar de ver filmes, Will tem a ideia de fazer uma batalha de mashup’s entre os boys e girls, ou devo dizer lésbicas e boiolas, ah, tudo gay nessa porra. com suas músicas favoritas de filmes.

P.S.: SamANTA se superou essa semana, vamos brincar de ser lerdos, mas não vamos abusar, ok?

– Santana está, completamente, on fire em NYC. E, sem dúvidas, teve as melhores frases do episódio e os momentos mais engraçados. Impressão minha ou ela está roubando a cena da mamãe do ano? Dúvidas a parte, o que importa é que ela e Kurt estão cada vez mais cismados com Brody, o poderoso chefão e cafetão isso vai render muito.

P.S.: Santana fingindo que deu uma cheirada, Gleeks virando v1d4 l0k4 em 3 2 1…

– Orca e Artie, que agora consegue mexer as pernas, me explica como,  decidem ir atrás de endereço de Emma e inventam umas lorotas pros pais dela. Os dois ruivos fake (essa raiz é loura, não me engana) acabam entregando.

– Kurt se acerta com seu novo boy magia e juntos, vão assistir seu filme preferido, Bambi.

– Will e Emma conversam, resolvem recomeçar e, também, vão assistir seu filme preferido, Como Perder um Homem em 10 Dias.

– Santana deixa mais veneno escorrer pela boca sensual, até falar a Rachel que viu seu vibrador de morango e chantily teste de gravidez no lixo do banheiro. Berry não se segura, começa a chorar e Santana a abraça. Nessa hora, tive que tapar o nariz, pois o cheiro de couro incendiou o ambiente.

Calma Quinn, sem invejinha, por favor!

– Jake tenta ser romântico com Marley, mas a mosca está, completamente, dividida entre ele e Ryder. E, por isso, resolve dizer o rapaz que beijou o outro. Ai que confuso! Só sei que vai rolar porrada e disso, I LIKE!

P.S.: Gente, Marley fez uma piada? Nem ri.

– Will resolve empatar a competição, o que acho uma sacanagem, já que os meninos foram bem superiores.

– Por fim, Finnorca decide contar a seu parceiro Will.i.am que beijou sua mina. Óbvio, que Sebo não curtiu nada, achou muito ofensivo, por sinal.

Performances

  • You’re All The World To Me – Primeira performance do episódio e como sempre o casal cansado da telinha Wemma com um dueto que nos fez dormi. Graças ao bom pai o vídeo não se encontra disponível no Youtube(Perda de tempo ir conferir).
  • Shout – Essa performance me lembrou muito um pouco da alegria do Glee Club e da performance “we got the beat”, que mesmo sem a briga de comida me lembrou cenas como a de Rachel e Santana em cima da mesa.

  • Come What May – Dueto Klaine. Resumindo: Passei 3 minutos dormindo como um bebê quando mamãe passa talco. “Pelo amor de Deus titia Ryan”.

  • Old Time Rock & Roll/Danger Zone – Preparem-se meninas para decolar com os meninos, que deram um show de performance, sendo uma das melhores que eles já fizeram, pagando de sexy’s.

  • Diamonds Are A Girl’s Best Friend/Material Girl – Achei incrivelmente espetacular, acho que as meninas deram um show de bola com essa performance, pois se tratou de algo bem feminino. O figurino ficou de acordo com a performance o que ajudou as meninas a incorporarem bem o Mash-up. Porém tem muitos “sites” dizendo que essa performance não ficou boa como “Halo/Walking On Sunshine”, ficou tão boa quanto, já que o tema abordado foi deferente. Elas arrasaram tanto quanto as da 1º temporada.

  • In Your Eyes – Abusando da cena clichê do filme “Say Anything” , o Will incorpora o John Cusack enquanto canta para a Emma. Eu particularmente achei muito fofo, e muito romântico.

  • Unchained Melody – Achei a musica linda, adoro essa musica, mas achei muito superficial no começo, mas quando percebi queMarley estava imaginado o Ryder se declarando para ela embalados pela musica do filme Ghost, eu fiquei apaixonado. A garota está completamente dividida entre os dois rapazes. Para que torce para que ela fique com Ryder essa é uma grande “surpresa” que espero que continue assim por um bom tempo, já que Titia Ryan muda de opinião em cada episódio.

  • Footloose – A ultima performance do episódio foi empolgante e inspiradora como o Filme Footloose. Foi bem descontraída e sem excessos, gostosa e interessante de assisti, mostrando muito o que Glee representa.

Então pessoal, esse foi o 4×15. Comparando com outros episódios ele não foi tão bom quanto, mas foi bom. Apenas essencial para a repercussão de vários caminhos que os personagens irão tomar.

– Link para assistir Glee: http://tsb-suporte.blogspot.com.br/

Próximo episódio: 4×16 Feud

Da cansada, Tongue Sharp Br.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s