Glee 4×18 – Shooting Stars [REVIEW]

Sabe, não precisa ser genial pra perceber que essa temporada está diferente do Glee que sempre conhecemos. Não importa, agora, se está melhor ou pior. O fato é que, se você acompanha a série, você não apenas assistiu esse episódio, você o sentiu. De certa forma, Glee resgatou nesse episódio, de um modo bem peculiar, algo que sempre foi típico na série… A verdade nua e crua.

  • Tudo começou como sempre começa, Mr. Schue comentando sobre as regionais. Até Britt interromper a conversa e dizer…

Um asteroide mortal está vindo em nossa direção.

P.S.: Tipo, de novo?

  • O que importa é que com o cometa se aproximando, Britt só queria se desculpar com a pessoa que ela mais ama. Não, não é o boca de Truta, é outro animal… O Lord Tubbington (que é TeamBrittana, por sinal). #TrutaFail
  • A lição da semana… Cantar a “última” canção pra alguém que gostamos.
  • Um plot que foi desenvolvido no episódio foi a paixão virtual do Ryder, que parece não ser tão virtual, pois a menina estuda no Macklyn. Ele resolve ir atrás dela e se declara com uma canção, mas…

Não era ela.

  • Alguém se fez passar pela moça, pra sacanear com ele ou fazer outras coisinhas HAHAHA

  • O menino sai da sala do coral feito cobra atrás do casal sensação zero, Jarley, mas eles negam terem feito isso. Ponto pra Blake, teve uma atuação bem convincente nessa cena.
  • Beiste quer abusar do corpinho de Schue e oferece até um jantar com macarrão feito na banheira que o time de futebol toma banho. Mas ele recusa, pois voltou com Emma. Aham, eu acredito.
  • Brittany descobre que o ”cometa” era uma joaninha morta no fundo do seu telescópio, que, na verdade, é um pote de Pringles (RISUS). Ai acontece uma das cenas mais bonitas do episódio… A conversa entre Becky e Britt. Ela revela seu medo de enfrentar o mundo fora dos muros da escola, pois, ali, ela tem uma defensora (Sue), mas fora, quem vai cuidar dela?
  • Mas nada se compara ao que acontece depois desse momento, exatamente 17:19, um tiro, seguido de outro. Todos, obviamente, se apavoram, apagam as luzes e fecham as portas. Parece que a tensão que eles estavam passando transparecia a tela, o telespectador, também, ficava angustiado, sentindo pena de todos, principalmente, Brittany, que estava no banheiro, sem celular. Além da mãe de Marley, que estava sozinha na cozinha, sem saída. Como esquecer de Tina? Do lado de fora, sem saber como estavam seus amigos. A parte dos vídeos , quem, no mínimo, não se emocionou com isso? A revelação de Kitty pra Marley, sobre ter diminuído o tamanho das roupas. A coragem do Sam de ir atrás da Britt. A descoberta do Ryder de que a sua paixão virtual estava naquela sala. Isso tudo foi muito real.
  • A gente sempre soube que Will amava seus alunos, mas nesses momentos que a gente realmente percebe o tamanho desse amor. O cara é foda!!!
  • Felizmente, ninguém se feriu, mas como fica a cabeça de cada um depois de ter passado por tudo isso?
  • Não demorou muito pra revelar de quem era a arma. Ela pertencia a Sue, que assumiu toda a culpa pra salvar Becky de uma expulsão certa. Como foi sincera a conversa entre Sue e Figgins. Palmas pra grande Jane Lynch!

  • Que fofa a cena de Blina e aquelas mãozinhas? HMMMMMMMMM.
  • Ryder desconfia de Kitty, mas não foi dessa vez que ele encontrou seu amor. Vamos ver se será revelado nos próximos episódios.
  • Sam dá uma gata para a Brit, a lady Tubbington. Shippando, cada vez mais, Bram e vocês? Aliás, palminhas pra o Chord, está ótimo nessa temporada e a Heather arrasou nesse episódio.

Performances

Your Song

Como Ryder é fofo, né? Um bom cover e uma bela declaração.

More Than Words

Amo essa música e confesso que fiquei com um pouco de medo de a estragarem. Mas, definitivamente, fizeram jus a original. Lord Tubbington chorou rios internamente.

Say

Linda. Mostrou como esse grupo está realmente se aproximando.

Excelente episódio, um dos marcantes, sem dúvidas e olha que nem precisou do núcleo de New York. É bom ver como Glee amadureceu a pronto de tratar de assuntos como porte de armas nas escolas e suas consequências para os envolvidos. Sinto que esses últimos serão muito bons, afinal, nunca sabemos quando o fim definitivo está próximo.

Próximo episódio: 4×19 – Sweet Dreams:

Até a próxima semana!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s